27 de dez de 2008

EXT4 - Finalmente no kernel 2.6.28!

O sistema de arquivos ext4, sucessor do ext3, começara a ser utilizado na proxima versão estável do Kernel (2.6.28). Ele ficou em estado de dev por muito tempo, mas acredita-se que ele já está maduro suficiente para ser utilizado sem problemas!

Algumas novidades do ext4:

  • Agora ele suporta volumes de até 1 exabyte (para quem não consegue imaginar, 1024 giga = 1 tera. 1024 tera = 1 peta. 1024 peta = 1 exa) e também suportará arquivos tão grandes quanto o volume propriamente dito.
  • Compatibilidade com ext3, fazendo-se possível um volume ext3 ser montado como ext4.
  • Uma pré-alocação persistente. A maioria dos sistemas de arquivos reserva o espaço no disco quando um arquivo é criado gravando um monte de ‘0′. Esse método não será mais necessário no ext4.
  • A tão esperada alocação tardia, que consiste em uma técnica de não alocar os dados necessários para escreve-los no disco enquanto eles ainda estão na ram. A única coisa feita na hora é o calculo da quantidade de espaço livre. Os dados posteriormente serão alocados e escritos. Isso prove uma menor utilização da CPU e consequentimente um ganho de velocidade no sistema.
  • No sistema ext3 o numero máximo de sub-diretorios (pastas) era de 32000. No ext4 esse numero foi duplicado, ou seja, agora é de 64000.
  • A pesar das várias tecnicas aplicadas no sistema de arquivos para evitar fragmentações (que sabemos que são praticamente nulas até mesmo no ext3), o ext4 irá ter uma ferramenta para desfragmentação de arquivos unicos e do volume completo
  • Irá usar um sistema de checksum para o journal, já que o mesmo é muito utilizado e corre sempre riscos de acabar corrompido.
Fonte:
ctr+c / ctrl+v de: www.linuxparatodos.com.br

Um abraço e feliz ano novo para todos!!!