24 de jul de 2011

Instalando o java no Fedora 15

Uma dúvida que sempre surge, é como instalar o java nas distros linux. Algumas por repositório e outras meio na mão mesmo. No fedora é feito à mão, mas é bem simples. Vamos lá.

Primeiro vamos ao site java.com, clique em "Download gratuito do Java", escolha o "Linux RPM (arquivo de extração automática)" e clique para baixar. São uns 20mb e será um arquivo .rpm.bin;
Feito isso, acesse pelo terminal o diretório onde baixou (provavelmente o downloads):
cd /home/seu_usuario/Downloads
Dê o comando: chmod +x jre-[aperte tab que ele completa]
Depois:  sudo ./jre-[aperte tab que ele completa]
Caso dê erro no sudo, no final deste artigo tem um link de como habilitá-lo ou execute como administrador (su -)

Vai aparecer algo do tipo:

Feito isso, vamos habilitar o plugin no navegador:
Pelo terminal:
cd  /home/lunga/.mozilla/plugins
ln -s /usr/java/jre1.6.0_26/lib/i386/libnpjp2.so 
O comando varia conforme a versão do java. Ativando no Firefox, também fica ativo no Chrome.

Para conferir acesse o site java.com e clique em "Tenho o java?"
No terminal, podes digitar para ver a versão:
java -version
Habilitar o SUDO: www.mundolunga.com
Site do java: www.java.com

16 de jul de 2011

Habilitando o "SUDO" no Fedora 15

Uma coisinha que me irritava no Fedora 15 era que, quando precisava executar algum comando como admin, tinha que usar o "SU -" e não o SUDO como usava no Ubuntu e Debian.

Porém, consegui resolver o lance, com uma pequena configuração.

Edite o arquivo SUDOERS com o seguinte comando:
su - [enter]
gedit /etc/sudoers
Na linha que tem a config do root para o SUDO, imediatamente abaixo adicione seu usuário com os mesmos parâmetros.
Ex.

root ALL=(ALL) ALL
seu_usuário ALL=(ALL) ALL

Salve, feche o gedit e dê um exit no terminal.
Se fez tudo certo, podes usar o "sudo" à vontade.
Faça um teste, digite no terminal:
sudo gedit

Ele deverá pedir sua senha de usuário e lançar o gedit como admin.

Abs.